Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arménio Vieira é Prémio Camões

Brito-Semedo, 20 Mai 10

Arménio.bmp

 

Arménio.jpeg

 

 

Arménio.bmp

Fotos Café Margoso, 2008, e Presidência da República Portuguesa, 2010

  

Os distinguidos com o Prémio Camões:

 

1989 - Miguel Torga (Portugal)
1990 - João Cabral de Melo Neto (Brasil)
1991 - José Craveirinha (Moçambique)
1992 - Vergílio Ferreira (Portugal)
1993 - Rachel de Queiroz (Brasil)
1994 - Jorge Amado (Brasil)
1995 - José Saramago (Portugal)
1996 - Eduardo Lourenço (Portugal)
1997 - Pepetela (Angola)
1998 - Antonio Candido (Brasil)
1999 - Sophia de Mello Breyner Andresen (Portugal)
2000 - Autran Dourado (Brasil)
2001 - Eugénio de Andrade (Portugal)
2002 - Maria Velho da Costa (Portugal)
2003 - Rubem Fonseca (Brasil)
2004 - Agustina Bessa Luís (Portugal)
2005 - Lygia Fagundes Telles (Brasil)
2006 - José Luandino Vieira (Angola)
2007 - António Lobo Antunes (Portugal)
2008 - João Ubaldo Ribeiro (Brasil)
2009 - Arménio Vieira (Cabo Verde)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

3 comentários

De Ricardo Riso a 21.05.2010 às 10:47

Bom dia, Manuel!
Há um poema do Arménio que, me parece, seria uma boa legenda para esta foto... Não é "Caviar, champagnhe e fantasia"... estou sem o livro no momento. Mas depois deixarei-o aqui.
O contato com o poeta poderia motivar o governo Lula a implantar um maior intercâmbio entre os países de língua portuguesa, e com o Brasil tendo uma participação efetiva.
Abraços!!

De Ricardo Riso a 21.05.2010 às 12:45

Obrigado pelo comentário ao meu "desabafo".
Eu fico impressionado com a inércia dos governos do meu país em relação aos países africanos de língua portuguesa. Um problema antigo... Vejo com pesar a postura oficial e também da sociedade, que não demonstra interesse em se aproximar dos nossos irmãos e formamos realmente uma comunidade de países de língua oficial portuguesa.
Ah! Coloquei uma foto que tirei da sua palestra no encontro da USP, em 2008. Está no Facebook.
Grande abraço!!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by