Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O filme "Zé da Guiné – Crónica dum africano em Lisboa", sobre a vida de uma "figura emblemática" da capital, vai ser exibido pela primeira vez, amanhã, sexta-feira, dia 15, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

 

 

 

O documentário de José Manuel Lopes, que pretende homenagear o homem que "deu a noite à cidade", começou a ser feito em 2001, mas passou todo este tempo "em 'stand by'", esperando financiamento aqui e ali, conta o realizador.

 

"Antes do Zé da Guiné as noites eram escuras, frias e metiam medo", recorda a sinopse do filme (www.zedaguinethemovie.com).

 

Estávamos em finais dos anos 70. Nascido na Guiné-Bissau, Zé passa pela guerrilha do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e, na altura do 25 de Abril, desembarca em Lisboa "atrás de um sonho".

 

"Acaba por liderar a mudança de costumes, da noite, de Lisboa", resume o realizador. Zé introduz-se no meio estudantil através de uns primos e participa nos primeiros movimentos de okupas.

 

Zé da Guiné acaba por se transformar "num perfeito lisboeta" – "é mais lisboeta do que eu, ele conhece tudo, as ruas, as pessoas, os locais", diz José Manuel Lopes, acrescentando que ainda hoje, mesmo afetado pela esclerose lateral amiotrófica, doença neurodegenerativa progressiva e fatal, continua a dar indicações sobre onde ir (Fonte).

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De tchale a 14.07.2011 às 14:47

Conheci nos anos 80/90 0 Zé da Guiné, apresentado pelo meu amigo pintor Português Carlos Barroco. Lembro-me que foi no Bairro Alto... Uma mobilia das noites de Lisboa, sempre bem vestido, conhecido de todos os Artistas de Lisboa e foi na Discoteca O Frágil.
gostaria de ver o Filme!

De Brito-Semedo a 14.07.2011 às 14:54

Caro Tchalê Bom encontrar-te por aqui. Desde o lançamento dos "Contos de Basileia" que não sabia de ti.
Vamos em excursão ver o documentário?! Como tens contactos no Bairro Alto, vê lá se consegues 2 bilhetes! Sim, porque quero ir também, mais a mais agora que há voo directo Mindelo/Lisboa!
Ah, já gora, Viva o (teu) Mindelense! Braça!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by