Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grupo Desportivo Amarante

Brito-Semedo, 16 Set 11

 

Amarante.jpeg

Foto de 1979, gentilmente cedida por Alcides Melo

Legenda (Da esquerda para a direita) – De pé: Nuno Leite, César, (…), (…), Alcides Melo, João Cardoso, Nha Capa, Nuno Almeida e Djô Pira; Agachados: Carlos, Jorge, (…), Cunak, Djóbla, Hélder e Féfa Vasconcelos.
 
 

Títulos

Títulos Nacionais:

Campeonato Cabo-verdiano: 1

1998/99

Títulos Regionais:

Liga Regional de São Vicente: 2

1960/61 e 1998/99

 

Amarante.jpeg

Foto MonteCara Soncente, no FaceBook

Amarante.jpeg

Foto Jornal "Expresso das Ilhas" 
Actual Estádio Municipal Adérito Sena, antigo Estádio da Fontinha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

9 comentários

De Valdemar Pereira a 18.09.2011 às 12:00

Depois de 1954 nada afirmo, embora (mesmo fora) me interessasse pelo desporto em S. Vicente, particularmente do meu clube. Mas garanto que o Amarante, depois da dissolução da equipa de futebol do Castilho, onde recuperou alguns bons elementos (Tchutchim, Nhanduco, Arlindo Couto, Cabral, entre outros) chegou a jogar com estatuto do Castilho, tendo ganho - pelo menos - um Campeonato de S.Vicente.
Não digo isso por ter visto mas por tê-lo ouvido quando preparava a reabertura da secção castilhana de futebol.

De reinaldo tavares de almeida a 21.03.2014 às 11:13


Gostaria de ter mais informacao sobre o amarante. Onde poderia conseguir? Meu pai jogou na equipe campea de 1949 e vice and 1950. Abraco.

De Valdemar Pereira a 21.03.2014 às 12:24

Olà jovem !!!
Compreendo o teu interesse por informações relativas ao Amarente. Pelo que me concerne não possuo nada de transcendente mas estàs ainda zqtàq a tempo de saber muito de concreto procurando o Gabriel Borges (S.Vicente), mais velho que eu, que foi um dos fundadores e dirigente dessa agremiação da Rua do Côco.
De Tavares de Almeida lembro-me de um futebolista elegante e leal por quem tinha muita admiração. Mesmo não sendo da minha equipa (Castilho) apreciava o atleta que antes tinha sido um bom actor na Troupe Cénica Tropical. Era ele o Eudo. Quando deixou o desporto para ser Pastor Protestante senti que tinhamos perdido um desportista exemplar mas, sabendo porque, fiquei imensemente feliz porque o desporto, como sempre o vi, é escola.  Se ele não foi teu pai foi, de certeza, o teu tio como o deve ter sido o meu ex-condiscipulo Egas. Estes dois filhos de Nhô Baz merecem o meu respeito. Felicito-te
Um abraço, rapaz.

De Valdemar Pereira a 21.03.2014 às 19:40

Igualmente informo-te que podes obter um fasciculo escrito Nena (Farmàcia), que foi também socio fundador, sobre "50 anos de Amarante".
Ê uma obra interessante que, além da Histôria desse Grémio, possui fotografias alusivas a muitos eventos deportivos e culturais.
Boa sorte nas tuas pesquisas

De Reinaldo Tavares de Almeida a 22.03.2014 às 01:59

Me
To noreply@blogs.sapo.pt
Today at 10:57 PM

Ola novamente. Muito obrigado pela informacao. De fato o Eudo foi meu pai, e faleceu a 5 anos. Interessante que no meu trabalho como professor, na reuniao de pais e mestres, nesta ultima quinta feira, conheci o pai de uma aluna que disse ter sido adversario do meu pai. Aquilo mexeu um pouco comigo pois ate entao ouvia estorias do meu pai e agora ouvia de um adversario. Foi interessante. Tenho uma ou duas fotos antigas do Amarante. Se precisarem de mais informacao dele tambem posso enviar mais coisas. Para terminar, nao sei se conheceu a fundo a razao de abandonar o Amarante. Apos se converter ao Evangelho, o Amarante precisava de apenas um empate para ganhar o bi-campeonato de 1950. O treinador enviava bilhetes da porta da igreja que chegavam la na frente dizendo ao Eudo: "So mais esse jogo". Meu pai que ainda tinha o futebol como um idolo, acabou por se libertar (mas sempre apreciou assistir) da idolatria pelo futebol e nao jogou.  A equipe perdeu o jogo, tambem o campeonato, e muitos nao falaram mais com meu pai.
Bom, agradeco de novo pela informacao. Na rua dos Cocos tambem havia uma livraria, talvez a mais antiga de Sao Vicente que foi do meu avo (parte da mae), Antonio Ramos Gomes.
Grande abraco,
Reinaldo

De Valdemar Pereira a 22.03.2014 às 03:01

Pode ler alguma coisa que falo do seu avô, Nhô Toi Bombinha, dirigente do Castilho, no meu livro "O teatro é uma paixão, a vida uma emoção".
Ali também faço alusão ao Amarante visto este grémio ter estado "oficialmente" dependente do Castilho.
Inté

De Luiz Silva a 18.09.2011 às 14:59

O Amarante ganhou o campeonato de Sao Vicente de l961 e perdeu na Praia o campeonato de Cabo Verde,  do mesmo ano. No ataque estavam o Paraquedas, o Toi Cacai, o Djack de Beta, o Natal e o meu primo Lulu Gragoso. De modo que o Amarante ganhou três campeonatos na historia do futebol de São Vicente. 

De Brito-Semedo a 18.09.2011 às 15:29

Caros Amigos, Existe uma grande dificuldade em conseguir informações do antes da independência, daí não me referir a esse período. Até parece que CV nasceu em 1975!... Com esta informação (agora corrigida no post ), o Luiz prestou um bom serviço a todos nós. Braça e bom resto de domingo!

De Brito-Semedo a 18.09.2011 às 15:34

Já agora, confirmem-me se os dados sobre os "Clubes de Futebol fundados em S. Vicente" estão certos: Club Sportivo Mindelense (1919); Grémio Desportivo Castilho (1922); Sporting Club de S. Vicente (1928); Club Sportivo Derby (1929); Grémio Desportivo Amarante (1936) e Associação Académica do Mindelo (1944). Bom espectáculo no Estádio da Fontinha, Rsss!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Djack

    A primeira medalha faz-me muita "manha", porque nã...

  • Manuel Brito-Semedo

    Caro Zé Hopffer, Excelente! Terei isso em consider...

  • Anónimo

    Esqueci-me de me identificar no comentário anterio...

Powered by