Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fernando Pessoa - o menino da sua mãe

Brito-Semedo, 28 Out 11

Tão jovem! Que jovem era!
(agora que idade tem?)
Filho único, a mãe lhe dera
Um nome e o mantivera:
“O menino da sua mãe”.

 
O "menino da sua mãe" embarcou na caravela da poesia e, qual marinheiro galgando temíveis ondas, fez-se Fernando Pessoa.


Que aventuras terá vivido dentro de si?


Em quantos eus se terá desdobrado?


Acompanha-o nesta viagem e vem descobrir as múltiplas faces de um poeta que sonhou ser maior do que Camões, um poeta do Mundo, cujo génio não coube dentro das fronteiras do seu país. (Fonte).

 

Fernando Pessoa - o menino da sua mãe

de Amélia Pinto Pais; ilustração de Rui Pedro Castro

Edição/reimpressão: 2011

Páginas: 132

Editor: Areal Editores

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 comentário

De Sónia Jardim a 29.10.2011 às 21:51

Fernando Pessoa e a sua Mensagem, a Mensagem que me acompanhou na minha vida de estudante e que sempre me fascinou. A carga simbólica, as mensagens sobre a Mensagem ganham uma importância adicional numa sociedade que se sente frequentemente perdida num mundo conturbado, tanto a nível económico como social.

Defensor de um nacionalismo místico e com esperança no aparecimento de um novo D. Sebastião, considero que, sem fundamentalismos, nos devemos apoiar ou, pelo menos, estar atentos aos símbolos e avisos do Destino. Para quem não acredita no Destino há que aproveitar as lições da história e das próprias vidas e considerar que é sempre a altura certa para poder interpretar, agir e, com paixão, encontrar um caminho.

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by