Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

'Jesse James'

Brito-Semedo, 6 Jan 11

 

 

Ficha Técnica

   

Gênero:

Faroeste

Direção:

Henry King

Roteiro:

Nunnally Johnson

Produção:

Darryl F. Zanuck

Música Original:

Louis Silvers

Direção/Supervisão Musical:

Louis Silvers

Fotografia:

George Barnes, W. H. Greene

Edição:

Barbara McLean

Direção de Arte:

William Darling, George Dudley

Figurino:

Royer

Guarda-Roupa:

Sam Benson, Josephine Perrin

Maquiagem:

Robert Cowan, Ray Lopez, Ben Nye

Efeitos Sonoros:

Roger Herman Sr., Arthur von Kirbach

Efeitos Visuais:

William F. Mittlestedt, Ben Southland

País:

Estados Unidos

   

Filme Assistido em:

1947

Elenco

Tyrone Power

Jesse James

Henry Fonda

Frank James

Randolph Scott

Xerife Will Wright

Nancy Kelly

Zerelda 'Zee"

Henry Hull

Major Rufus Cobb, pai de Zee

Jane Darwell

Mãe de Jesse e Frank

Slim Summerville

Carcereiro

John Carradine

Bob Ford

Brian Donlevy

Barshee

Donald Meek

McCoy

J. Edward Bromberg

Sr. Runyan

Johnny Russell

Jesse James Jr.

Charles Tannen

Charlie Ford

Claire du Brey

Sra. Bob Ford

Willard Robertson

Clarke

Harold Goodwin

Bill

Ernest Whitman

Pinkie

Charles Middleton

Médico

Edward LeSaint

Juiz Rankin

John Elliott

Juiz Mathews

Paul Sutton

Lynch

 

Sinopse

Logo após o término da Guerra Civil Americana, os trabalhos de expansão da ferrovia St. Louis Midland, rumo ao oeste, são acelerados.  O presidente da mesma, Sr. McCoy, e seus homens, principalmente Barshee, vão de fazenda a fazenda, no Estado do Missouri, dizendo aos seus proprietários que suas terras acham-se condenadas, oportunidade em que lhes oferecem a insignificante quantia de US$ 1 por acre.  Quando tal proposta é recusada, eles enviam um grupo de foras-da-lei para saqueá-los e intimidá-los.

 

Os velhos fazendeiros não têm es-trutura para resistirem a tais táticas agressivas e desones-tas, até que Barshee vi-sita a fazen-da dos Ja-mes.  Jesse acha-se fora, mas Frank encontra-se em casa quando ele procura sua velha e doente mãe.  Ela pede a opinião do filho.  Acostumado aos seus métodos violentos, Barshee tenta forçar o jovem a uma decisão apressada, mas este reage.  Os homens de Barshee tentam intimidá-lo quando Jesse retorna e atira sobre suas cabeças.  Frank bate em Barshee e o grupo se retira.


À noite, quando os dois irmãos acham-se fora, Barshee volta com seus homens e incendeiam a casa dos James, matando a mãe dos rapazes.  Zee, noiva de Jesse, vai ao encontro dos irmãos e conta o ocorrido.  Jesse encontra Barshee no Dixie Belle Saloon, onde o mata, vingando a morte da mãe.  A Ferrovia oferece uma recompensa de US$ 1 mil por uma informação que o leve à cadeia, procurado por homicídio.


Sem nada a perder, os irmãos Jesse e Frank James passam a assaltar os trens da St. Louis Midland, evoluindo para assaltos a Bancos.  O xerife Will Wright, que também se sente atraido por Zee, faz com que esta tente convencer o noivo a se entregar, assegurando que a Ferrovia está disposta a aceitar uma pena branda, de no máximo três anos de reclusão.


Depois que Zee fala com Jesse, os dois se casam e, em seguida, Jesse se entrega ao xerife.  Após colocar Jesse numa cela, Will descobre que fora enganado pelo Sr. McCoy, quando este seja com um juiz exigindo um julgamento rápido e o enforcamento do prisioneiro.


A notícia chega a Frank, escondido com seu grupo nas colinas, e este decide tirar o irmão da cadeia, antes que seja tarde.  Assim, num golpe de mestre, Frank e seus homens libertam o irmão e humilham McCoy.  A recompensa pela cabeça de Jesse sobe para US$ 25 mil, enquanto por Frank é atribuído um prêmio de US$ 15 mil.


Os assaltos à St. Louis Midland e a Bancos continuam, enquanto Jesse e Zee, apresentando-se como Sr. e Sra. Thomas Howard, mudam com freqüência de endereço.  Zee dá à luz um filho, Jesse James Jr.  Com a chegada do garoto, ela não suporta continuar com a vida errante que leva e decide voltar para sua terra natal.


O tempo passa. Os assaltos continuam até que, ao tentarem assaltar o Banco de Northfield, dois homens são mortos, quatro são presos, Jesse é tido como morto por afogamento e Frank é considerado como tendo fugido do País.

 

Jesse, entretan-to, bastante feri-do, consegue chegar até a casa onde Zee se encontra com o filho, agora com cinco anos de idade.  Ela trata dele, mas no dia em que os três estão prestes a deixar o Missouri para se estabelecerem na Califórnia, Jesse recebe a visita de um antigo amigo do bando, Bob Ford, o qual, aproveitando o momento em que ele lhe dá as costas para retirar um quadro da parede, o alveja mortalmente com vários tiros.  O quadro dizia "Deus Abençoe Este Lar".  Jesse James é, portanto, assassinado por um traidor.  Tal fato deu-se em 03/04/1882, quando o lendário fora-da-lei tinha 34 anos e 6 meses.

 

Críticas

Baseado na história do lendário fora-da-lei e de seu irmão Frank, "Jesse James" é um bom filme de faroeste.  Realizado pelo veterano cineasta Henry King, o filme conta a história desse 'Robin Hood' americano, que roubava dos ricos, no caso representados pela Ferrovia St. Louis Midland, por conta da forma como ela tratava o povo comum e os pequenos fazendeiros.


Além do bom trabalho apresentado por King, o filme conta com o excelente roteiro de Nunnally Johnson, que procura mostrar como um fora-da-lei muitas vezes é criado, o motivo que o leva a quebrar as regras da lei.  Para um filme do gênero faroeste, até que são apresentadas poucas cenas de ação.  Em contrapartida, os realizadores procuram romantizar um pouco a vida de Jesse James, mostrando seu relacionamento com a família, especialmente com Zee.


No elenco, Tyrone Power, no papel-título, é o grande destaque, seguido pelas atuações de Henry Fonda, Randolph Scott, Brian Donlevy, John Carradine, Henry Hull e Nancy Kelly.

in 70 Anos de Cinema

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by