Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

'O Estranho Caso de Angélica'

Brito-Semedo, 13 Jan 11

 

Passado na década de 1950, um fotógrafo (Ricardo Trêpa) está hospedado numa pequena pensão, mas tem de acordar subitamente à noite para fotografar uma linda moça (Pilar López de Ayala) que acabara de falecer. O fotógrafo que está na região do Douro para documentar antigos métodos de trabalho nas vinhas, com especial atenção aos chamados cavadores da terra, fica subitamente perturbado pela imagem da falecida.

 

Diretor: Manoel de Oliveira

Elenco: Ana Maria Magalhães, Ricardo Trêpa, Pilar López de Ayala, Luis Miguel Cintra, José Manuel Mendes, Susana Sá, Adelaide Teixeira

Produção: François d'Artemare, Maria João Mayer, Luis Miñarro

Roteiro: Manoel de Oliveira

Fotografia: Sabine Lancelin

Duração: 94 min.

Ano: 2010

País: Portugal/ França/ Espanha/ Brasil

Gênero: Drama

Cor: Colorido

Distribuidora: Não definida

Estúdio: Les Films de l'Après-Midi / Lusomundo

___________

 

É um nome incontornável da sétima arte. Aos 102 anos, Manoel de Oliveira (n. 1908) tem a entrega obstinada de um adolescente. Jovem campeão de salto à vara, ginasta e corredor de automóveis, fez o seu primeiro filme, “Douro, Faina Fluvial”, com apenas 23 anos. Mas foi cinco décadas mais tarde que o seu ritmo acelerou de forma espectacular. Realiza, pelo menos, um filme por ano. Hoje, com pouco mais de um século de vida, mantém o espírito criador que o destaca no mundo do cinema. “É o primeiro grande cineasta português e, porventura, o maior”, diz o historiador Rui Afonso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by