Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morreu Nha Nácia Gomi

Brito-Semedo, 4 Fev 11

 

 

 

 

Nácia Gomes

 

(Santiago, 1925-2011)

 

 

Sérgio Frusoni já cantava em seu poema, do qual dedico um trecho "in memoriam" de Nhá Nácia:


Dzêl na hóra d' spedida:
"Alí nha côrpe: strumá bô tchôm!
Alí nha sangue: regá bô midje!
Armôm: alí bô armôm! mãi: alí bô fidje...!"

 

Nota recebida pelo Facebook de Jaqueline Oliveira Araujo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

'Língua. Vidas em Português'

Brito-Semedo, 3 Fev 11

 

"No fundo, não estás a viajar por lugares, mas sim por pessoas"

Mia Couto – Escritor Moçambicano

 

"Não há uma língua portuguesa, há línguas em português"

José Saramago – Prémio Nobel da Literatura

 

 

Língua – Vidas em Português é um documentário de 105 minutos co-produzido por Brasil e Portugal e filmado em seis países (Brasil, Moçambique, Índia, Portugal, França e Japão). Dirigido por Victor Lopes, o longa-metragem é um mergulho nas muitas histórias da língua portuguesa e na sua permanência entre culturas variadas do planeta. Em "Língua", a lusofonia é sobretudo fala, surpreendida do cotidiano de personagens ilustres e anônimos de quatro continentes. Em cada um deles, o português amalgamou deuses, melodias, climas, ritmos. Misturou-se aos alimentos e às paisagens. Foi reinventado centenas de vezes e alimentado por sucessivas de colonizadores, imigrantes e descendentes.


Em Portugal e Moçambique, no Brasil e em Goa, desenham-se os quadrantes de uma herança portuguesa, sempre surpreendente e permanentemente renovada. Acompanhando as trajetórias de seus personagens, e ouvindo suas experiências e sensações, suas memórias e esperanças diante do futuro, o documentário reproduz o movimento de uma língua que ganhou o mundo e que refaz seus caminhos na expectativa de se reencontrar.


Por isso, o filme é um documentário permanentemente em trânsito. Ao entrar e sair da vida dos personagens, o filme desvia-se das suas rotas cotidianas para encontrar cerimônias, casais, locais de trabalho, esquinas e paisagens, traçando retratos reveladores da cultura de cada um dos países visitados.


Entrevistados: José Saramago, Mia Couto, João Ubaldo Ribeiro, Martinho da Vila e Madredeus. (Fonte)

 

Elenco: José Saramago, João Ubaldo Ribeiro, Martinho da Vila, Mia Couto, Teresa Salgueiro
Diretor: Victor Lopes
Estúdio: Paris Filmes
Data de lançamento: 15/03/2006
Tipo de mídia: DVD
Quantidade de discos: 1
Região: DVD Região 4 - América do Sul e Oceania
País de produção: Brasil, Portugal
Duração: 105 minutos
Formato de tela: 4:3 LetterBox
Sistemas de som: Português 5.1 e 2.0
Preto e Branco/Colorido: Colorido
Classificação indicativa: Livre
Idiomas: Português
Legendas: Inglês, Português

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • amendes

    Viva Nhô Balta - Sempre!Nos muitos discursos que, ...

  • Joaquim ALMEIDA

    Falando deste " fazedôr de milagres " , que era Dr...

  • FERNANDA BARBOSA

    Depois de tomar conhecimento do conteúdo do texto,...

subscrever feeds

Powered by