Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Mais Belas Festas do Mundo

Brito-Semedo, 13 Abr 11

Numa notável recolha das festas do mundo – viajando pelos cinco continentes, ao longo de todos os dias do ano – esta obra permite-lhe entrar no epicentro de uma cultura e nas suas festas mais simbólicas. Sabia, por exemplo, que, a 13 de Maio, a cidade de Kelaa (Marrocos) organiza o inconfundível Festival das Rosas? Que a 26 de Novembro se instituiu uma singular Venda de Postais no Royal College of Arts? Ou que, em Oaxaca (México), o dia dos Mortos se celebra entre oferendas e música? Organizado segundo a lógica de um calendário, pode facilmente saber que festa acontece em determinado dia e em que lugar do mundo. Pretexto de viagem, as festas são ainda a melhor forma de conhecer a alma de um povo e assim desfrutar de uma intensa experiência.


Algumas das mais belas festas do mundo:

 

Festival das Rosas (Marrocos, 13 de Maio)

As rosas-persas deixam um aroma a magia no ar. Tendo como cenário uma dura e escarpada paisagem, este festival coroa a beleza no meio do deserto e as fragrâncias das flores.


Encontro de Elefantes (Sri Lanka, 21 de Outubro)

A festa da água e do banho. Não dos humanos, mas dos milhares de elefantes que se juntam na antiga represa de água, mandada construir pelo rei Mahasena no séc. III. Depois do banho, a terra volta a secar, prometendo encher-se no ano seguinte.

Dia dos Mortos (México, 1 de Novembro)

Os cemitérios enchem-se de pessoas. Levam-se oferendas e flores, enfeitam-se as campas. Mas não é a tristeza que domina. Lembrando os mortos, celebram a vida cantando, deixando-se levar pela energia das canções e da dança que invade as ruas.

Dia do Beaujolais (França, 22 de Novembro)

Beaujolais é um vinho. Logo que batem as badaladas da meia-noite, todos se juntam em torno das fogueiras de varas de cepa e celebram o fim da vindima, bebendo o vinho de que tanto se orgulham. (Fonte).

 

Título: As Mais Belas Festas do Mundo

Autor: Sarah Woods

Editora: Círculo de Leitores

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by