Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fidje-Mótche, Filho-Macho

Brito-Semedo, 21 Nov 11

 

Praça Nova.jpeg

Quiosque da Praça Nova, Mindelo (Arquivo Histórico Nacional, Praia)

 

 

Para os filhos Any e Ely Brito-Semedo, neste dia muito especial e memorável.

 

 

Foi o Toi Cristóvão quem teve a iniciativa, quando estávamos a passear na Praça Nova e lhe dei a notícia. Ele estacou com os olhos arregalados a olhar para mim e disparou:

 

– E deste-lhe um beijo?! Deste?! Não acredito! Conta, conta como foi! Vá, lá!...

 

Zarpámos em direcção à Chã de Cemitério, mais o Carlos Ramos, numa grande ansiedade e algazarra. A Mãi Xanda tinha de saber do acontecido e tínhamos motivo para celebrar!

 

Nesse ano de 1970 tinha feito o exame do 2.º ano como trabalhador estudante (um amigo meu só à terceira é que tinha conseguido passar!), estava a estudar a secção de letras do 5.º ano, continuava empregado na Editora Nazarena, agora a ganhar um pouco mais, e tinha arranjado namorada! Por esta, a Xanda ia pagar!

 

A promessa vinha de trás, desde o dia em que a minha mãe abordara no largo da Editora o grupinho das minhas amigas lá da Igreja, todas menininhas do Liceu e da Escola Técnica – a Rosely, a Lígia, a Quelinha, a Alcinda, a Argentina, a Eileen, a Olinda – pedindo para, imaginem (!), arranjarem namoro com o filho!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Ariel

    Muito bom o livro! 

  • Anónimo

    Muito obrigada por nos presentear com estas inform...

  • Léo

    Olá, realmente esse ritmo é contagiante, fico me i...

subscrever feeds

Powered by