Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 
Iniciativa da Câmara Municipal da Praia
 ______________________________________________________________

 

 
Iniciativa da Câmara Municipal de São Vicente

 

A Câmara Municipal oferece, no virar do ano, um baile popular abrilhantado pelo grupo “Nova Ideia”, na Rua de Lisboa. A Autarquia quer proporcionar a todos os munícipes a possibilidade de festejarem, em comunhão, paz e alegria, a entrada de mais um ano que se espera de mais e melhores venturas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ao Encontro do Milénio

Brito-Semedo, 29 Dez 11

 

- Fátima Bettencourt, Praia

 

Muita correria se viu nos dias que antecederam o fim do ano. Correria e ansiedade tais que, unanimemente, todos adiantaram um ano e logo se viu que era completamente inútil qualquer correcção. A magia dos três zeros não dava espaço ao raciocínio.

 

Quando todos os caminhos iam dar a Mindelo, coube-me na sorte um avião espanhol que, não sei como, se perfilava na nossa frota aérea. Mas havia um porém: tal avião não acertara ainda os ponteiros com os nossos ventos rebeldes e a restante ideossincrazia das ilhas. Já esperava alguma turbulência que não falhou na entrada de S. Pedro. O que não esperava era o cheiro de combustível no interior da quase vetusta nave, mas enfim, lá chegámos a S. Vicente depois de uma  breve passagem pelo Sal, aliás brevíssima como atestavam os nossos cafés abandonados na mesa do bar quando desatamos a correr para retomar a viagem.

 

Não sei porquê, mas estas paragens em estações e apeadeiros, tão frequentes em combóios e barcos de cabotagem, deu, entre nós, para acontecer na via aérea com os sustos acrescidos de decolagens e aterragens suplementares, mais as saídas em horários que nada tem a ver com o placar e como se não bastasse, tínhamos uma tripulação estrangeira pouco familiarizada com os nossos tons de castanho e cinzento, sujeitos portanto a confundir uma estrada com pista de aterragem ou esta com um simples campo de cabras.

 

Na bagagem eu levava uma criaturinha de oito meses em viagem inaugural de baptismo aéreo. Nada perturbado com atrasos, desvios ou turbulências, seguia alegremente beijando tudo quanto era menininha de menos de um ano, sem levar em conta os meus avisos, que aquilo assim não podia continuar, pelo menos lá por volta do ano 2012 já teria algum pai severo à perna, quem sabe até os mesmos que nessa viagem lhe achavam tanta gracinha.

 

Foto Daniel Monteiro Júnior

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Djack

    A primeira medalha faz-me muita "manha", porque nã...

  • Manuel Brito-Semedo

    Caro Zé Hopffer, Excelente! Terei isso em consider...

  • Anónimo

    Esqueci-me de me identificar no comentário anterio...

subscrever feeds

Powered by