Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CCM, A Velha Alfândega do Mindelo

Brito-Semedo, 11 Dez 12

Fazendo parte de uma das zonas mais emblemáticas da Cidade do Mindelo, com uma população de pouco mais de 70 mil habitantes, a velha Alfândega, um edifício do século XIX, situada na Avenida Marginal, no seguimento da Ponta-de-Praia, de frente para a Baía do Monte Cara, funcionou no tempo do carvão, dos ingleses e das grandes casas comerciais como um dos alvéolos mais importantes do pulmão da Província, que foi o Porto Grande do Mindelo.

 

Restaurada em 1997, a velha Alfândega alberga o Centro Cultural do Mindelo com uma programação diversificada e rica, que vai desde a música, exposição de pintura e fotografia, passando por exibição de filmes, lançamento de livros e teatro. Para além disso, o Centro recebe eventos de outros centros culturais ou universitários e acolhe iniciativas como “Março, Mês de Teatro” e “Mindelact”, este em Setembro, que já vai na sua 18.ª edição, um evento hoje considerado como o maior festival de teatro de África e um dos maiores de língua portuguesa.

 

O grande desafio do Centro Cultural do Mindelo é que essa mesma Alfândega, a velha Alfândega, que funcionou no passado como uma porta de entrada de produtos das mais diversas proveniências e qualidades, venha a ser – melhor, continue a ser – enquanto Centro Cultural, um ponto de atracção, de convergência e de difusão de produtos culturais nesta Cidade de tantas e tão ricas tradições!

 

- Manuel Brito-Semedo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by