Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Roberto Duarte Silva

Brito-Semedo, 27 Abr 13

 

Nasceu em Santo Antão, a 25 de Fevereiro de 1837.

 

Emigrou cedo, chegando a trabalhar na China e em Hong Kong, onde teve uma farmácia.

 

Formou-se em Ciências Fisico-Químicas em Paris, onde começou a sua vida profissional de químico trabalhando em vários laboratórios, o de WURTZ, por exemplo.

 

No decorrer de uma experiência, perde o olho esquerdo, na sequência de uma explosão. Ainda em França, é professor na École Municipale de Phisique e Chimie Industrialles, onde viria a ser chefe de laboratório de química analítica, da referida Escola.

 

Foi também professor na École Centrale dês Arts e Manufactures.

 

Foi presidente da Sociedade Química de Paris, laureado Comentador da Ordem de Santiago e distinguido com o prémio Joker, um dos mais ambicionados pelos cientistas. Como recompensa pelos serviços prestados à ciência, o governo de Paris concede-lhe a Legião de Honra, a mais alta distinção honorífica de França.

 

Faleceu a 9 de Fevereiro de 1889, em Paris.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Humberto Duarte Fonseca

Brito-Semedo, 26 Abr 13

 

Um dos mais notáveis cientistas cabo-verdianos, nasceu a 20 de Novembro de 1916, na cidade Mindelo.

 

Licenciado em Ciências Matemáticas, Ciências Geofísicas e Engenharia Geográfica pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, desde novo reconheceu as grandes potencialidades latentes no país no domínio da invenção, inovação e criatividade, tendo ele próprio começado a desenvolver um sistema de obtenção de água potável através da água do mar.

 

Foi galardoado por trabalhos de investigação tecnológica, ganhou prémios nacionais e internacionais, participou em estágios científicos, simpósios e congressos. Vários foram os trabalhos publicados versando temas como: as crises em Cabo Verde e a chuva artificial, o problema do aproveitamento da energia do vento em Cabo Verde, análise das precipitações atmosféricas por meio do radar, entre muitos outros.

 

Em 1991, em sua homenagem, aquando da inauguração da Escola Secundária de Monte Sossego, a mesma foi baptizada com o seu nome.

 

Faleceu em Lisboa a 21 de Fevereiro de 1983.

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • amendes

    Viva Nhô Balta - Sempre!Nos muitos discursos que, ...

  • Joaquim ALMEIDA

    Falando deste " fazedôr de milagres " , que era Dr...

  • FERNANDA BARBOSA

    Depois de tomar conhecimento do conteúdo do texto,...

subscrever feeds

Powered by