Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Homenagem ao Bana

Brito-Semedo, 15 Jul 13

 

Homenagem do Povo do Mindelo ao BANA, ainda a acontecer na Praça Don Luiz.

 
Foto Jason Mascarenhas, Mindelo

 

_________________

 

 

Palavras Proferidas Hoje em Lisboa pelo Presidente da República em Homenagem ao BANA, na Missa de Corpo Presente

 

"O desaparecimento físico de Adriano Gonçalves representa, sem dúvida, uma perda importante para a família e para os amigos. A esposa, os filhos e demais familiares bem como as outras pessoas que com ele conviviam, não mais poderão contar com as suas palavras, os seus gestos, o seu afecto.

 

Da relação de que se alimenta no dia-a-dia das pessoas, especialmente das que têm uma proximidade maior, Bana já não poderá participar. Os que lhe são próximos não poderão mais contar com a sua presença física, com  a sua convivência. A saudade, este estranho e poderoso sentimento, que foi tão bem cantado por Bana, ao mesmo tempo que suaviza a dor, alimentará o sofrimento que a morte sempre carrega.

 

Sim. Para os próximos, a perda é irreversível.

 

Mas para Cabo Verde, para a Cultura da qual ele foi um dos seus expoentes máximos, poder-se-á falar em perda? Entendo que não. Mesmo que por hipótese todo o registo de imagem e som do longo, rico e diversificado percurso de Bana desaparecesse, ainda que, por absurdo, fossem apagados da memória dos cabo-verdianos, a figura, a arte, a emoção que ao longo de muitas décadas esse Homem carregou, encarnou, recriou, a perda não se consumaria.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

História dos Bonucci em Cabo Verde

Brito-Semedo, 15 Jul 13

 

Bonucci.jpeg

 

 

- Lucy Bonucci

 

De origem italiana, os "Bonucci" são uma familia bastante antiga, com raízes provenientes dos antigos patrícios do império romano, da qual viriam a herdar vários condados do norte e centro da Itália.

 

A história dos Bonucci em Cabo Verde começou em meados do Séc. XIX com a chegada de Gaetano Bonucci à frente de uma frota de navios da pesca do coral, tendo depois aportado em S. Vicente e aí fixado residência.

 

Da sua presença temporária em Cabo Verde, Gaetano Bonucci e Deosolina Giovagnoli, acabaram por deixar descêndencia (Alfredo que nunca saíu de Itália, Ermínia, Elvira, Pietro e Concetta), vindo alguns deles, mais tarde a desempenhar um papel importante na história de S. Vicente, nomeadamente Pietro Bonucci, que em 1925, procedeu à electrificaçâo da cidade de Mindelo em S. Vicente, actividade comercial, bem como a edificação das fábricas de Gelo e de Moagem e da fábrica de conserva de peixe em S. Nicolau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

  • Livia Ramos Silva

    Meu tio irmao do meu pai tio Dino de monte. Saudad...

subscrever feeds

Powered by