Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Adeus, Minha Rainha

Brito-Semedo, 18 Jul 13

 

Julho de 1789, alvorecer da Revolução Francesa. A vida no Palácio de Versalhes continua imprudente e descontraída, distante do tumulto que reina em Paris. Quando a notícia da tomada da Bastilha chega à Corte, nobres e servos fogem desesperados, abandonando o Rei Luís XVI (Xavier Beauvois) e Maria Antonieta (Diane Kruger). Sidonie Laborde (Léa Seydoux), jovem leitora totalmente devotada à Rainha, não acredita no que ouve e permanece perto de sua adorada, confiante de que nada lhes acontecerá.

 

Lançamento: 14 de junho de 2013  (1h 40min) 
Dirigido por: Benoît Jacquot
Com: Léa Seydoux, Diane Kruger, Virginie Ledoyen  mais 
Género: Histórico
Nacionalidade: França, Espanha

 

 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Arsénio Fermino de Pina é médico pediatra e de Saúde Pública aposentado dos Serviços de Saúde de Cabo Verde e OMS.

 

Livros publicados além de manuais e outros textos da sua especialidade: Uli-me li!!, Fi d’cadon!, Você Falou em economia de Bazar?, Mania de pensar, O cérebro esse Órgão Perigoso, Coisas de Djunga!..., Reflexões e Factos Diversos, Passadores de Pau, Ês ca ta cdi!.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • FERNANDA BARBOSA

    Depois de tomar conhecimento do conteúdo do texto,...

  • Joaquim ALMEIDA

    Inteiramente de acordo com a Gilda !.A mais bela c...

  • Anónimo

    Monte cara também,seria um bom nome para a nossa c...

subscrever feeds

Powered by