Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Até 2014, ano vinte do Mindelact

Brito-Semedo, 17 Set 13

Discurso do Presidente da República por ocasião do Encerramento da 19.ª edição do Festival Internacional de Teatro do Mindelo.

 

PR.jpeg

Foto Presidência da República, 2012

 

A Arte ou a outra dimensão da Vida

 

Uma das características marcantes da Arte é a sua dimensão a um tempo momentânea e permanente.

 

Uma pintura, uma partitura, um filme, uma peça de teatro, um poema são “sentidos” num momento dado, ou se se preferir, numa sucessão de momentos dados.

 

A comunhão entre o criador e o destinatário, através da obra que é apreendida pelos sentidos, pelo corpo, pelo espírito, inicia-se num pedaço de tempo, que embora possa ser infinitamente renovado, é irredutivelmente curto, muito curto mesmo, efémero, não obstante integrar um todo relativamente permanente que consiste na representação que o destinatário elabora, enquanto recriação, de alguma forma «obra» sua.

 

Mas a criação original permanece. Ela renova-se, revive, a cada contacto com o destinatário, uma vez que só essa relação lhe confere sentido, lhe empresta corporalidade, ainda que simbólica. A perenidade da obra acaba sendo assegurada por essa sucessão de contactos mais ou menos efémeros, pelo encadeamento de momentos, de instantes, de bocados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

'A Gaiola Dourada'

Brito-Semedo, 16 Set 13

 

Num dos melhores bairros de Paris, Maria e José Ribeiro vivem há cerca de 30 anos na casa da porteira no rés-do-chão de um prédio da segunda metade do século XIX.

 

Este casal de imigrantes portugueses é querido por todos no bairro: Maria uma excelente porteira e José um trabalhador da construção civil fora de série. Com o passar do tempo, este casal tornou-se indispensável no dia-a-dia dos que com ele convivem.

 

São tão apreciados e estão tão bem integrados que, no dia em que surge a possibilidade de concretizarem o sonho das suas vidas, regressar a Portugal em excelentes condições, ninguém quer deixar partir os Ribeiro, tão dedicados e tão discretos.

 

Até onde serão capazes de ir a sua família, os seus vizinhos e os patrões para não os deixarem partir? Mas estarão, a Maria e o José, verdadeiramente com vontade de deixar França e de abandonar a sua preciosa gaiola dourada?

 

Género: Comédia
Duração: 90min
Classificação: M/12
Título Original: A Gaiola Dourada
Realizadores: Ruben Alves
Ano: 2013
Origem: Portugal
Interpretação: Bárbara Cabrita, Chantal Lauby, Joaquim de Almeida, Rita Blanco, Roland Giraud
Argumento: Ruben Alves

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

subscrever feeds

Powered by