Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"Do Monte Cara", de Germano Almeida

Brito-Semedo, 29 Out 14

 

Germano.jpeg

Germano.jpeg

Brito-Semedo, apresentador, e Germano Almeida, autor. Foto Carla Eneida Henriques

 

 

Vim da Praia dumitadamente[1], para o alívio da Ana Cordeiro, a apresentadora de plantão dos livros do Germano Almeida, por pirraça deste e para pagar uma dívida. Ah, é que nunca fico a dever nada a ninguém, a não ser o amor! Na verdade, o que o Germano Almeida não sabe é que aceitei essa incumbência de bom grado para, assim, garantir um lugar na fotografia quando ele receber o Prémio Camões e poder mostrar às minhas netas que esse escritor ilustre é pessoa amiga do avô.

 

A cidade do Mindelo tem sido, ao longo dos tempos, uma fonte de inspiração para um número grande de escritores e de poetas, pintores e artesãos, trovadores e músicos.

 

“Quase tude dia tita ‘contecê

Uns cosa ‘strónhe li na nôs terra

Tónte mudança tita ‘contecê

Qu’até Monte Cara já gaguejá”

 

in "Cumpade Ciznóne" (Coladeira)

 

MANEL DE NOVAS

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Joaquim ALMEIDA

    Inteiramente de acordo com a Gilda !.A mais bela c...

  • Anónimo

    Monte cara também,seria um bom nome para a nossa c...

  • eduardo monteiro

    Mindelo a minha eterna enamorada, a vida verdadeir...

subscrever feeds

Powered by