Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diálogos pela Cultura

Brito-Semedo, 23 Out 15

 

Vasco.jpeg

  Vasco Martins, Aguarela, 2013, de Hamilton Silva

 

 

- Pode a estética mudar o homem? Qual o papel do artista na construção da felicidade? Qual o seu lugar no desenvolvimento de Cabo Verde? Qual a sua contribuição para um mundo melhor?

 

Creio que antes de tentar responder às questões deste ‘painel’, podemos começar por definir o que é a estética e o que é a beleza, pois embora estreitamente relacionadas, constituem diferentes áreas da sensibilidade humana.

 

A estética é um ramo da filosofia que estuda a natureza da beleza, os fundamentos da arte ou mesmo da técnica artística, mas também a privação da beleza ou o que seja considerado feio ou ridículo. Na história ocidental parece que este estudo começou talvez com Platão, seguindo -se Aristóteles, mais tarde Kant, Hegel, etc. Todos com uma visão mais ou menos idealista, já que estudar algo que é ‘indizível’, porque na verdade é mais um sentir, uma perceção, uma sensibilidade, torna-se assim um estudo evasivo. Hegel foi mais perentório, depois de escreve sobre este assunto. No fim resumiu: ‘só é belo o que possui expressão artística’.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by