Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Crioulas
Gouache s/papel_16x16cm_1998

 

 

Coroação da grandessíssima trindade narcísica
Gouache s/papel_41x31cm_1995
 
 
Narcisocoxo
Gouache s/papel_17x26 cm_1997

 

 
Baco (da série “bacomanias caboverdianas”)
Gouache s/papel_31x41cm_1996

 

Loura explosiva no seu cartão de visita ou o espada de narcisa
Gouache s/papel colado s/ platex_40x43cm_1993

 

_________

Manuel Figueira é natural da ilha de S. Vicente em Cabo Verde, e viveu em Portugal entre 1960 e 1974, onde frequentou o Curso Complementar de Pintura da Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Regressou a Cabo Verde em 1975 para colaborar com a revitalização da cultura popular. Com algumas colegas professoras, funda a Cooperativa Resistência em 1976, com o obectivo de manter viva a tecelagem tradicional cabo-verdiana. De Janeiro de 1978 a Março de 1989 foi Director do Centro Nacional de Artesanato onde orientou artisticamente o projecto, concebendo e executando obras suas, recorrendo às técnicas de tecelagem tradicional, tapeçaria e tingidura. Está representado em diferentes colecções nomeadamente no Museu de Ovar, em Portugal, no Banco de Fomento em Lisboa, no Banco Totta e Açores, em Lisboa; na ONU em Nova Iorque; Palácio da Cultura da Cidade da Praia e entre diversas colecções particulares.

As obras aqui representadas são da década de 90 e princípios deste século, pertencem ao acervo da Perve Galeria e fizeram parte de uma exposição de desenho e pintura a gouache do artista denominada "Visões d'Infinito".

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by