Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para Ti - Estórias

Brito-Semedo, 8 Jun 12

 

Djô Martins.jpeg

Foto Jorge Joe Martins
 

Pés descalços rasgam a estrada que é a vida, cortando-se em cada pedra mais afiada. Umas, são obra do acaso, da natureza, outras são metodicamente colocadas, nessa vã tentativa de te deter e de te subjugar. Não sabem que foste forjada e caldeada, lá na Terra Longe, onde só os fortes sobrevivem porque os impele uma força sobre-humana, para passar o testemunho e gritar aos ventos que Terra Longe existe. Terra Longe é aqui, em qualquer lugar. Que na estrada onde os teus pés se rasgam e sangram, o verdugo não tem rosto de capataz de Roça, antes, tem sorriso e falar manso, que a cada sílaba te lanha as costas e a cada sorriso, mais lastro para o teu carrego.

 

Pouco importa. Chegarás ao teu destino, porque mesmo morta, farás ouvir teu cântico de victória. Deixarás a semente que passarás a tua mensagem, terminando a empreitada, para desespero dos carrascos desta vida.

 

- Jorge Joe Martins

 

Oeiras 2012-06-06

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by