Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

'Dona Tututa', Antestreia Mundial

Brito-Semedo, 28 Dez 12

 

"Dona Tututa" vai ter antestreia mundial no Sal no dia 6 de Janeiro de 2013.

 

Epifânia Évora ama a música e o piano, tanto quanto é possível alguém o fazer. Ao longo da sua vida, transformou dor e alegria em melodias e cantou-as, rompendo convenções. Para esta nonagenária cabo-verdiana,  filha do "inventor da coladera" e mãe 14 vezes, a vida só faz sentido com aplausos. Terá ouvido todos os que merece?
 
Das noites quentes e gloriosas do Café Royal no Mindelo de outrora, à vida familiar na inóspita Ilha do Sal, vamos viajar pela biografia - ora coladera, ora morna - desta apaixonante mulher e celebrar com ela a cultura singular de um país de músicos, que carinhosamente a trata por "Dona Tututa”.

 

Realizado por: João Alves da Veiga
Produzido por: Pedro Canavilhas
Filmado por: Leandro Ferrão, Miguel figueiredo, Pedro Canavilhas
Editado por: Miguel Figueiredo

 

(Fonte - https://www.facebook.com/donatututa).

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

3 comentários

De zito azevedo a 28.12.2012 às 15:22

Tututa terá a homenagem que merece há décadas...Recordo com saudade essas sessões no Café Royal em que pontificavam, também, seu irmão Tchuff e, claro, Morgadinho...Rua de Lisboa era uma festa com os acordes de Tututa subindo a calçada até ao Palácio ou descendo-a até à Alfandega impregnando o ar de sons contagiantes, de notas bem vincadas, claras, soando aos nossos ouvidos num chamado irresistivel do dengue da melodia pura, a um tempo casta e voluptuosa, porém, autentica...Obrigado, Tututa!

De Joaquim ALMEIDA (Morgadinho ) a 29.12.2012 às 10:57

TUTUTA excelente pianista dos anos cinquênta no Café Royal, filha de nhô " Anton-tcitche "- excelente compositor- e irmâ do grande cantor o inesquecivel " Tchuff " , com quém aprendi muito durante o periodo em que eu actuava como trompetista no Café Royal na rua de lisboa , Mindêlo , (que pertencia ao meu pai ) . Fico imenso satisfeito por ver que ainda temos cidadaos que se lembram dos bons artistas daquele tempo . Para mim foram as pedras bases da mùsica cabo-verdiana , particularmente da nossa morna !.. TUTUTA merece a sua homenagem e - como jà foi dito - pela ética , Cabo Verde jà se faltou com esta grande artista , - nunca é tarde - !..
Um Criol na Frânça ;
Morgadinho ;

De Valdemar Pereira a 28.12.2012 às 17:28



O Zito tinha serenata todos os dias já estava ali pertinho do Café Royal.
Só quero lembrar que, antes do meu Companheiro de Escola Morgadim, que apareceu depois do teatro do Castilho, Tututa estava sempre acompanhada do mano Tchuf (que se vê na foto) e do Muchim de Monte, o maior violinista na altura e que, infelizmente, vai-se esquecendo. Ou melhor, que a geração actual desconhece ou não quer se lembrar. Mas trazê-lo é justiça pois antes da moda do clarinete nos bailes (regresso do Musa de Dakar e depois Alfredo, Clemente e outros) dançava-se ao som dos violinos de Muchim e Querena.
Penso que associar essa gente aqui fará prazer à D.Tututa. por serem todos habitantes do planeta Música.

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • joão

    Amigo de Mindelo, sabe "o que é ser inventor"? Enc...

  • Sandro

    Amei esse "BAÚ" só tem preciosidade! 

  • Gilson

    Musicas muito bonitas, acho muito legal musicas ap...

Powered by