Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Luis Rendall

Brito-Semedo, 25 Mar 13

 

Nasceu em S. Vicente a 28 de Fevereiro de 1898, onde decorreu a sua infância e parte da sua vida como funcionário.

 

Aos 7 anos de idade aprendeu os acordes básicos com o único tocador de violão então existente em S. Vicente (diz-se), por sorte, seu vizinho, o qual ministrava as lições de forma muito original.

 

Luis Rendall é uma figura ímpar na cultura cabo-verdiana, na vertente da música, encontrando-se o seu nome no rol daqueles que Cabo Verde evoca com saudade, carinho e gratidão, pois efectivamente deu voz à alma crioula nas suas belíssimas mornas, na magia do seu violão e, principalmente, nos seus famosos solos. É aqui onde o magistral e inconfundível Luís Rendall incute a sua alma, tornando-se referência obrigatória no contexto cabo-verdiano, para gerações e gerações.

 

Faleceu a 4 de Dezembro de 1986, com 88 anos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De ZITO AZEVEDO a 26.03.2013 às 10:50

Este homem, pela sua arte, pela sua afectuosidade, ela sua simplicidade, fez de mim um melómano...O meu espírito deve-lhe mais do que a minha inteligência consegue quantificar!

De Joaquim ALMEIDA a 26.03.2013 às 11:17

Uma referênca obrigatoria no contexto cabo-verdiano , para geraçoes e geraçoes !.. Exato ;  e estou  absolutamente de acordo . Conheci bem o " HOMEM " , o artista e antes de eu ter começado o solfejo , jà o ouvia nos seus solos de violao . Lembro-me perfeitamente  quando êle vinha a Sao Vicente , pois êle vivia na Boa Vista  como funcionàrio , o seu encontro como os grandes tocadores de violao de Sao Vicente naquela época , " Lela Preciosa "  Antonzinho , o seu aluno Angelo Lima , era um regàlo ouvir os seus solos de violao !.. Na verdade  Luis Rendall , é uma referência que deve ser relembrado como um exemplo  dos grandes artistas do nosso pais , que deixaram algo de muito importante na cultura , particularrmente na mùsica cabo-veriana ;
Um Criol na Frânça ;
Morgadinho !..

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Manuel Brito-Semedo

    Caro Zé Hopffer, Excelente! Terei isso em consider...

  • Anónimo

    Esqueci-me de me identificar no comentário anterio...

  • Anónimo

    Meu caro, seria interessante incluir o texto de Ar...

Powered by