Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Centenário da República Portuguesa foi assinalado na cidade do Mindelo, em Cabo Verde, esta quinta-feira [7 de Outubro], com um colóquio internacional, aberto pela embaixadora de Portugal em Cabo Verde, Graça Guimarães.

 

Sob o lema «Colonialismo, anti-colonialismo e liberdade dos povos numa concepção republicana», o evento decorre até amanhã, dia 8 de Outubro, no Museu de Arte Tradicional.

 

A diplomata portuguesa lembrou que as instalações do Museu de Arte Tradicional foram residência de um republicano convicto, Senador Augusto Vera Cruz, que a cedeu para servir de liceu em 1917.

 

Este episódio, e também o facto de se ter proclamado a República em Cabo Verde há precisamente 100 anos, a 7 de Outubro de 1910, aliados à presença de investigadores oriundos de quatro universidades de Cabo Verde e de Portugal (Uni-CV, Universidade de Santiago, Nova de Lisboa e de Coimbra) conferem, à partida, segundo Graça Guimarães, qualidade ao colóquio.

 

Manuel Brito Semedo, da Universidade de Santiago, apresentou «A vez da República e a Voz de Cabo Verde», seguindo-se Luís Reis Torgal, da Universidade de Coimbra, com uma apresentação sobre «República e colonialismo. António José de Almeida e África», sendo que Sérgio Neto e Ângela Coutinho dissertam esta tarde, respectivamente, sobre «Imagens e representações de Cabo Verde na imprensa da I República» e sobre «A representação do negro nos textos de autores cabo-verdianos do jornal `A Mocidade Africana´, de 1930 – 1931».

 

Paralelamente ao colóquio, está patente nos corredores do museu a exposição «Letras e cores. Ideias e autores da República».

 

(c) PNN Portuguese News Network

2010-10-07 17:22:15

 

Antigo Palacete do Senador Augusto Vera-Cruz onde decorreu o Colóquio

  

Ana Cordeiro (IC-CCP, Mindelo), António Correia e Silva (Uni-CV), Graça Guimarães (Embaixadora de Portugal) e Luís Reis Torgal (Uni.Coimbra/CEIS20)

 

M. Brito-Semedo (Uni. Santiago), Ana Cordeiro (IC-CCP, Mindelo) e Luís Reis Torgal (Uni.Coimbra/CEIS20)

 

Fernando Pimenta (Uni. Coimbra/CEIS20), Ângela Coutinho (Uni. Nova Lisboa/CESNOVA) e João Lopes Filho (Uni-CV)

 

Ana Cordeiro (IC-CCP, Mindelo) e Maria Adriana Carvalho (Uni-CV)

  

Vista parcial da assistência do Colóquio

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Ernestina Santos a 13.10.2010 às 19:40

Que os trabalhos decorreram com a maior qualidade, é o que se deduz desta breve reportagem, pois são nomes de curriculum bem conhecido.
Agradeço a partilha das fotos, começando pela do palacete oferecido pelo senador Vera-Cruz para a instalação do liceu em 1917.

De Brito-Semedo a 15.10.2010 às 15:26

Brevemente vou colocar aqui, no "Na Esquina do Tempo", o texto por mim apresentado nesse colóquio! É que "na Natureza nada se perde, tudo se atrasa", hihihi !!!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by