Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas ilhas de minha mãe

Brito-Semedo, 3 Ago 13

Rua do Mindelo, Foto Hélder Doca, Agosto.2013

 

Nas ilhas de minha mãe
Os montes tocam no céu
E os meninos brincam
sujos de terra
nas esquinas das ruas

 

As  mulheres passam
Viradas para a praia
Filhos às costas
Nas ilhas de minha mãe

 

Cantam os homens
Canções de amor antigo
Mágoa salgada
Espera adiada
Ânsia suspensa
Nas ilhas de minha mãe

 

Que saudades sinto eu
Do secreto amor
Das estrelas do porto
Do perfume do mar
onde brilham
os olhos de minha mãe

 

- Paula Martins, Lisboa

 

__________

Jornalista do Público desde a sua fundação, em 1990, dedica-se com especial interesse a temas relacionados com a criança no âmbito social e da saúde. O abandono de bebés, os maus-tratos, a violência e a negligência praticados contra as crianças, bem como a delinquência juvenil foram objecto de reportagens e entrevistas com especialistas ao longo dos últimos dez anos. Licenciada em Sociologia iniciou o seu percurso profissional, com estágios na RDP - Antena 1 e no vespertino A Capital em 1983, tendo passado nos anos seguintes pelas redacções do JL - Jornal de Letras, Voz Di Povo (Cabo Verde), RTP1 e Expresso.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Djack a 03.08.2013 às 18:07

Se não estou em erro, com pelo menos três nomes:

Rua Infante D. Henrique (aqui, posso estar enganado)
Rua do Telégrafo (nome carinhoso)
Avenida 5 de Julho

Braça arruada,
Djack

De Brito-Semedo a 03.08.2013 às 18:10

Certíssimo, Meu Amigo, Marcando épocas históricas distintas. Braça.

De Djack a 03.08.2013 às 18:16

E tudo nomes acertados. Digamos que de facto nenhum esteve (ou está) mal na sua época, como diz o dono da casa.

Quanto à poetisa, aqui vai pequena biografia rapinada há segundos do site Wook da Porto Editora:

Paula Torres de Carvalho

Jornalista do Público desde a sua fundação, em 1990, dedica-se com especial interesse a temas relacionados com a criança no âmbito social e da saúde. O abandono de bebés, os maus-tratos, a violência e a negligência praticados contra as crianças, bem como a delinquência juvenil foram objecto de reportagens e entrevistas com especialistas ao longo dos últimos dez anos. Licenciada em Sociologia iniciou o seu percurso profissional, com estágios na RDP - Antena 1 e no vespertino A Capital em 1983, tendo passado nos anos seguintes pelas redacções do JL - Jornal de Letras, Voz Di Povo (Cabo Verde), RTP1 e Expresso.

Braça pirata,
Djack

De Brito-Semedo a 03.08.2013 às 18:31

Agora sim, o post ficou completo! Jogo de balizinha com um golo de cabeça, rsss!!!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Wilson Candeias

    Caro Professor Brito SemedoCabo Verde precisa de p...

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

Powered by