Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Academia das Ciências e Humanidades CV

Brito-Semedo, 29 Set 13

 

Mindelo.jpeg

 Aspectos da Cidade do Mindelo. Fotos Ana Brito-Semedo, Março.2013

 

A Academia das Ciências e Humanidades de Cabo Verde, criada em Mindelo em Dezembro de 2012, tem sido muito referida por estes dias, a propósito da criação da novel Academia Cabo-verdiana de Letras.

 

A Esquina do Tempo dá a conhecer informações sobre a Academia das Ciências e Humanidades de Cabo Verde divulgadas por ocasião da sua constituição:

 

1. Os Estatutos e a Acta da Assembleia Constitutiva da Academia das Ciências e Humanidades de Cabo Verde foram aprovados em Mindelo, no dia 7 de Dezembro.

 

2. O artigo 32º dos Estatutos aprovados, enumera os 24 promotores da ACH de Cabo Verde.

 

3. O Ponto 4º da Acta da Assembleia Constitutiva indica os nomes dos 13 promotores presentes e mandatados para assinar os Estatutos* e inscrever a Academia no Cartório Notarial da ilha de São Vicente.

 

4. O Conselho Académico Instalador (CAI), com um mandato válido por um ano, até 6 de Dezembro de 2013, tem a seguinte composição (Artigo 32º dos Estatutos): Onésimo Silveira - Presidente; Jorge Sousa Brito (Vice-Presidente), Odette Pinheiro (Vice-Presidente); Albertino Graça (Tesoureiro); Corsino Tolentino (Secretário-Geral).

 

Mindelo.jpeg

Aspectos da Cidade do Mindelo. Fotos Ana Brito-Semedo, Março.2013

 

5. A Assembleia Constitutiva designou os Doutores Ireneu Gomes, Leão Lopes e Nominanda Fonseca para o Conselho Fiscal da ACH de CV.

 

6. As tarefas prioritárias do Conselho Académico Instalador são: (i) publicar os Estatutos da ACH no BO; (ii) elaborar o Regulamento interno da Academia; (iii) informar os potenciais candidatos a académicos titulares, associados e correspondentes e organizar os respectivos processos de proposta, avaliação, selecção e admissão; (iv) encontrar instalações para a ACH; (v) apresentar a Academia a instituições competentes no país e no estrangeiro; (vi) informar a sociedade cabo-verdiana da natureza e dos objectivos da Academia; (vii) organizar os Plenários; (viii) rever os Estatutos de 7 de Dezembro de 2012, (ix) fazer a apresentação pública da Academia.

 

7. Comunicamos ainda que no dia 8 de Dezembro uma delegação chefiada pelo Presidente informou o senhor Primeiro-Ministro da escritura pública da ACH de Cabo Verde.

 

Fonte: Associação das Universidade de Língua Portuguesa (AULP)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by