Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Iva Cabral.gif

Este livro analisa a formação e desenvolvimento da elite da ilha de Santiago que desde o século XV até ao século XVII evoluiu num processo em que se evidencia uma vincada mudança social. Durante o primeiro século da história do arquipélago, os «homens brancos honrados» de Santiago ocuparam os lugares de topo da sociedade da ilha. Estes homens, brancos/reinóis, muitas vezes nobres, armadores, comerciantes e funcionários da administração central, formaram a primeira elite do arquipélago que estruturou a sociedade cabo-verdiana segundo os seus interesses económicos, as suas práticas culturais, políticas e ideológicas. Os filhos ilegítimos mulatos dos «homens brancos honrados» viriam depois a ocupar os lugares cimeiros na economia e no poder local santiaguense como membros da elite endógena cabo-verdiana, mas sem as facilidades que o comércio lucrativo com a Costa da Guiné propiciava. É a herança que receberam dos seus progenitores que leva a que os homens dessa elite fossem identificados por «brancos da terra» e, não sendo nobres reinóis, fizessem parte do grupo restrito da «nobreza da terra». É esta elite que vai evoluir até à Independência de Cabo Verde. Todo este processo de criação e manutenção de elites decorreu em continuidade, sem rupturas abruptas. É esta especificidade da sociedade cabo-verdiana que a autora apresenta e esclarece neste livro.


Título: A Primeira Elite Colonial Atlântica
Dos «homens honrados brancos» de Santiago
à «nobreza da terra»
Edição: Livraria Pedro Cardoso
Autora: Iva Maria de Ataíde Vilhena Cabral
1.ª edição, 2015

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • joão

    Amigo de Mindelo, sabe "o que é ser inventor"? Enc...

  • Sandro

    Amei esse "BAÚ" só tem preciosidade! 

  • Gilson

    Musicas muito bonitas, acho muito legal musicas ap...

Powered by