Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Morreu a Cantora Arminda Sousa Silva

Brito-Semedo, 23 Jan 16

 

Arminda.jpg

 

Arminda Rosa Sousa Silva

 

Mindelo, 29.Agosto.1942 – São Paulo, 22.Janeiro.2016

 

 

Filha de Joaquim Sousa, Escrivão da Capitania dos Portos, e de Rosa Melo Monteiro Sousa, Arminda Sousa é de uma família de artistas, sendo o nome mais sonante Jorge Sousa, que integrou a Banda “Voz de Cabo Verde".

 

Arminda Silva vivia no Brasil para onde emigrou há mais de 40 anos.

 

As nossas mais sentidas condolências ao marido, Gaia de Nhô Lela Miranda, ao filho Hamilton e a toda a Família!

 

 

 

 

NB -  Disco gravado em Lisboa em 1970 e editado pela Editora "Voz de Cabo Verde", do Bana.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Lanid Correia a 23.01.2016 às 22:14

Que a terra lhe seja leve!

De Valdemar Pereira a 24.01.2016 às 15:01

Repousa em Paz, Arminda.
Ao Gaia e ao filho, bem como ao Jorge e demais familiares, as sentidas condolências de um castilhano, mnine de Chã de Cemitério.

De antonio pedro de sousa lobo toge lobo a 24.01.2016 às 18:35

Caro Gaia e família.  Um grande abraço de condolências  e de saudade para toda a família. Há muitos anos! 


O meu mail


antoniolobo03@gmail.com


Tf  00238 9912030


Fixo casa  00238 2615451


Um grande abraço


Toge e Lena Lobo

De M Conceição Fortes a 24.01.2016 às 21:55

As minhas sentidas condolências à família: marido, filhos e irmãos Maria da Luz, Celso e Jorge Sousa. Quem poderá testemunhar a minha relação com a Arminda Sousa são os meus ouvidos, pois não privei com ela pessoalmente, mas desde a minha adolescência que  nunca esqueci aquele disco que, quando saiu, fez um enorme sucesso. Pena foi que ela não continuou a carreira, pois teria imenso prazer em ouvi-la também noutros registos. Contudo, não deixa de ser uma grande perda e só tenho pena que se lembrem dos bons só depois de partirem. Que a terra lhe seja leve e que descanse em paz! Amem!
Maria da Conceição Fortes

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by