Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Silêncio…

Brito-Semedo, 28 Jul 13

Demolição da Casa do Dr. Adriano Duarte Silva, Foto jornal A Semana

 

A preservação da Casa Adriana é um assunto muito polémico que dividiu a sociedade mindelense, mobilizou muitas opiniões e despoletou um grande movimento cívico. Muita tinta correu.


Culminou com a demolição do edifício que foi um choque para grande parte dos mindelenses ficando esta cidade amputada de mais um belo exemplar de arquitectura colonial do sec. XX.

 

Este poema, ao mesmo tempo que foi inspirado no acto bárbaro da demolição deste símbolo da cidade do Mindelo é também a minha última homenagem à casa Adriana, à sua memória e aos seus sucessivos ocupantes.

 

Demolição da Casa do Dr. Adriano Duarte Silva, Foto jornal A Semana

Autoria e outros dados (tags, etc)

Casa Dr. Adriano Duarte Silva

Brito-Semedo, 26 Jul 13

 

Adriano Duarte Silva nasceu em S. Vicente a 12 de Fevereiro de 1898, onde veio a falecer em 29 de Julho de 1961.

 

Formou-se em Direito em Lisboa, tendo regressado de imediato a S. Vicente onde exerceu advocacia e foi Reitor e Professor do então Liceu do Infante D. Henrique, mais tarde Liceu Gil Eanes, durante várias décadas.

 

Foi o primeiro deputado cabo-verdiano à Assembleia Nacional Portuguesa na qual defendeu com enorme patriotismo e acrisolado amor a Cabo Verde os superiores interesses de então província.

 

As suas intervenções foram sempre acutilantes na defesa desses interesses culminando com a construção do dos cais acostáveis do Porto Grande de S. Vicente. Esta foi a sua coroa de glória, pois, não fosse o Dr. Adriano Duarte Silva, provavelmente nunca tivéssemos possuído este magnífico porto que, infelizmente, veio aparecer muito tardiamente.

 

Foi sem dúvida o maior filantropo que a ilha já conheceu, visto que em toda a sua brilhante vida nunca ninguém saiu da sua casa sem obter a ajuda que ali levava pessoas de todas as classes sociais.

 

Durante muitos anos, dadas às suas notáveis qualidades como causídico e homem proeminente em Cabo Verde, exerceu as funções de representante consular da França e do Brasil e variadas outras actividades.

 

Ler outros post sobre a ilustre figura mindelense.

 

 

Casa Adriana.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by