Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Baptista de Sousa, Uma lenda em SV

Brito-Semedo, 19 Out 13

 

Baptista de Sousa 1.jpeg

Capitão-Médico Dr. Baptista de Sousa, Foto 1944

 

 

Poucas homenagens prestadas na nossa terra exalam tão justos propósitos como aquela que consagra a memória do Dr. Baptista de Sousa no nome dado ao actual hospital de S. Vicente – Hospital Baptista de Sousa. Nome de um médico, nome de um benfeitor cuja recordação se vai delindo, no entanto, na memória dos mindelenses, à medida que o tempo passa e as gerações se vão substituindo. Mas se o nome do Hospital é em si um meio poderoso para a perpetuação da sua memória, poucos são os que ouviram alguma vez falar do médico, a não ser entre as gerações mais velhas, que vão desaparecendo. Eis a razão por que é importante dar a conhecer quem foi o Dr. José Baptista de Sousa, oficial médico do Exército Português, e, sobretudo, o que ele fez na nossa terra.

 

José Baptista de Sousa nasceu em 2 de Março de 1904 na freguesia de Camões, em Lisboa, filho de José Augusto de Sousa e de Victoria Alves Baptista de Sousa. De 1922 a 1927, fez o curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Lisboa. Depois de frequentar o respectivo curso militar, entrou para o Quadro Permanente de Oficiais Médicos do Exército, tendo sido promovido a alferes em 1929. Foi em seguida colocado em unidades do Exército e, depois, na Guarda Nacional Republicana, onde serviu de 1936 a 1942. Entretanto, concorrera ao internato de Cirurgia dos Hospitais Civis de Lisboa e fez o concurso para cirurgião dos mesmos hospitais. Foi igualmente assistente na Faculdade de Medicina de Lisboa, ao mesmo tempo que frequentava o internato de cirurgia nos Hospitais Civis de Lisboa, tudo isso em acumulação com as suas funções militares, o que demonstra uma firme disposição de alargar e diversificar as experiências e desafios da sua actividade médico-científica.


É quando prestava serviço na Guarda Nacional Republicana que, em 17 de Janeiro de 1942, ainda no posto de tenente, é nomeado para integrar as Forças Expedicionárias a Cabo Verde. Deste modo, embarca em Lisboa a 16 de Fevereiro de 1942, no vapor Guiné, com destino a S. Vicente de Cabo Verde, onde desembarca a 22 do mesmo mês. É já em S. Vicente que é promovido ao posto de capitão médico, indo exercer as funções de director do Hospital Militar Principal de Cabo Verde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Baptista  de Sousa.jpeg

 Capitão-Médico Dr. Baptista de Sousa, Foto 1944, Arquivo Valdemar Pereira

 

 

O "Na Esquina" acaba de receber, através de um comentário de José Baptista de Sousa, presume-se que filho do "Engenheiro Humano", o link do youtube da morna (bilingue) que lhe foi dedicado por Jorge Monteiro, o maestro Jotamont, numa belíssima interpretação de Gardénia Benrós, gravada no CD "Kriola d'Encantar", de 1995.

 
Agora sim, a série de evocação e homenagem fica completa com três posts (post 1 e post 2) dedicados a este grande Médico e Humanista, que foi o Capitão-Médico Dr. José Baptista de Sousa, patrono do Hospital de S. Vicente.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Manuel Brito-Semedo

    Caro Zé Hopffer, Excelente! Terei isso em consider...

  • Anónimo

    Esqueci-me de me identificar no comentário anterio...

  • Anónimo

    Meu caro, seria interessante incluir o texto de Ar...

Powered by