Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cantigas de Janeiro (II), Santo Antão

Brito-Semedo, 26 Dez 14

 

Santo Antão 1.jpg

Ribeira da Torre, Santo Antão. Foto Samuel Alves, Fevereiro, 2014

 

 

Senhor’ Santos Reis

que nos mandou vir visitar

aqui na casa do Senhor e da Senhora!

 

Quero saber se a Senhora é Mulher-Honrada

que bota mão lá na tchave de sê baú (seu baú)

que nos dá uma oferta (oferta) grandiosa

pa repartir co’s nosso companhêr

 

Se não tem oferta grandiosa

Que nos dá uma pataca churriada! (limpa, reluzente,

[lavada a jorro para ser autenticada)

  

Se não tem uma pataca churriada

nôs manda (mandamos) Jorze (o tesoureiro)

qu’ê home de boa consciença

que tira más (mais) e dexa (deixa) menos!

 

Dáca, dáca (dê cá)

dáca, dáca, se Nhá (senhora) ta dava (vai dar)

Se Nhá-ne da dáca (se a senhora não dá)

nôs tem muto (muito) camin (caminho) pa’ndá (para andar).

 

Boas Festas! Bons Anos!

Que Dês (Deus) nos dá saúde e ligria (e alegria)

Pa (para) cantá noutr’um ano como dia d’hoje!  Boas Festas!

 

– Luís Romano

 

in Cabo Verde – Renascença de uma Civilização no Atlântico Médio, 1970

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cantigas de Janeiro (I), Santo Antão

Brito-Semedo, 24 Dez 14

 

Santo Antão 2.jpeg

Lombo de Pico, Ribeira da Torre, Santo Antão. Foto Paulino Dias

 

  

Racordai quem está dormindo (re-acordai)
que lá vem uma tropa real!

 

Foi na ventra (no ventre) de Virja Maria

que nasceu uma rosa falurida (florida)!

 

O esplendor que’ssa rosa deleitava (deitava, irradiava)

iluminava toda oropa da cidade (toda a terra)!

 

Maiana quando foi p’r’em Bêlém (para Belém)

ela levou Menino de Jesus na sê (sua) companhia!

 

Encontrou uma capa de Judeu

qu’atromentava o nosso Menino Jesus!

 

– Luís Romano

 

in Cabo Verde – Renascença de uma Civilização no Atlântico Médio, 1970

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by