Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Dô di dô 1.jpg

Grupo "Lombianos", do Carnaval no Mindelo, anos 40/50. Foto arquivo Jorge Martins

 

 

Ao Amigo Humbertona, uma fonte de memórias

 

 

Já-m conchia São Vicente
Na sê ligria, ne sê sabura
Ma'm ke pud fazê ideia
S'na carnaval era más sab

São Vicente e um brasilin
Chei di ligria, chei di cor

……………….

 

Eu já conhecia São Vicente
Na sua alegria, na sua vida agradável
Mas não fazia ideia
Que no Carnaval ainda era melhor

 

São Vicente é um pequeno Brasil
Cheio de alegria, cheio de cor

……………….

 

 

Que “São Vicente é um brasilin”, o trovador Pedro Monteiro Cardoso Rodrigues (n. Fogo, 11.11.1945) já o tinha dito e Cesária Évora, a nossa Cize, levou essa ideia a dar a volta ao mundo, isso já toda a gente sabia.

 

Que o Carnaval do Mindelo é em tudo parecido com o Carnaval do Rio de Janeiro, muita gente também já o sabia.

 

Que foi um “alumbramento” para os nossos escritores regionalistas claridosos descobrir a moderna literatura brasileira, muita gente já o sabia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

São Vicente de Cara para o Futuro

Brito-Semedo, 27 Jan 17

 

Porto Grande - Foto Cecílio Lima.jpg

 Foto Tchitche Lima

 

A mitologia romana teve em Jano, o deus das portas e das passagens, que deu nome ao mês de Janeiro, o primeiro mês do ano e, por conseguinte, o mês de passagem de um ano para o outro, do passado para o presente e que anuncia o futuro.

 

O deus Jano é representado por um corpo com dois rostos, um, olhando para a frente, vigiando as entradas, e outro, olhando para trás, conferindo as saídas. E é nesta dupla perspectiva de Jano que, neste dia de aniversário de São Vicente, 555 anos, se deve pensar a cidade/ilha e reflectir sobre a sua vocação, face aos desafios futuros.

 

Êss ê qu’ê Mindelo nôs querido cantim

Terra que Deus derramá sê ligria

Terra de B.Léza, terra de Salibana

Êsse ê que’ê São-Cente coraçon de Cabo Verde

 

Mindelo

……………………………….

Deus ta dá-no vida e saúde

Pâ n’oío-be na bó franco progresso

 

JOTAMONT (1913 – 1998)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

subscrever feeds

Powered by