Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vasco Martins, ‘Mei D’ilha’

Brito-Semedo, 13 Set 17

  

mei d'ilha.jpg

 

 

Saída oficial: 21 de Setembro 2017 (equinócio)

 

 

11 TEMAS

 

Mei D’ilha/Bambus de Caibros/Km6/Kindness/Sinergia/No bai/Amornando/Voz trankil/Dançadera linda/Luando/Arco

 

Vasco Martins: teclados e guitarra acústica

Tche Sousa: baixo Micau

Chantre: bateria e búzio

Djinni Ribeiro: percussão e búzio

François Verly: percussão (tablas, tambor d’água, gongos e singing bowls, efeitos)

Voices: Spectatronics & VM

Gravação e misturas : Davout studios‐Paris/Jean Loup e Vasco Martins

Mastering: Parelies/Paris

Foto: João Barbosa

Design: uMa iDeIa

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Vasco Martins.jpg

No Centro Nacional de Artesanato e Design Acontece hoje, em Mindelo, o lançamento do livro “Sinfonias”, da autoria de Vasco Martins, que revela neste o seu processo criativo.

 

Editado pela Ilhéu Editora, a obra reúne textos do compositor que revelam as suas fontes de inspiração, as suas referências e influências musicais e pessoais, o seu processo criativo com as suas dificuldades e alegrias.

 

Ana Cordeiro, da Ilhéu Editora, resume a obra como "uma oportunidade única de conhecer e compreender de que forma foram sendo escritas as sinfonias compostas por Vasco Martins até ao momento". Foram 9 sinfonias compostas pelo autor entre 1997 e 2013.

 

“É uma espécie de testemunho da vida de um compositor sinfónico e as minhas experiências. É mais uma forma de completar o lado indiscritível que é a música e completar com os conceitos filosóficas ou poéticas”, explica o próprio autor.

 

No campo literário, Vasco Martins tem explorado a poesia com livros como “Universo da ilha”, “Navegam os olhares com o voo do pássaro”, “Run Shan” e “Circulo quase perfeito”, mas tem também publicados dois romances - “A verdadeira dimensão” e “Tempos da Moral” - e ainda contos e poemas em várias colectâneas.

 

Mais conhecido como pianista, o também guitarrista tem uma sólida carreira com uma obra diversificada, repartida pelos mais de 20 discos gravados o mais recente dos quais “Numinous” com o qual fará a abertura do Baía das Gatas 2016, daqui a poucas semanas.

 

O CD foi gravado em Mindelo, no Le Studio, com engenharia de Jorge Nunes, e foi masterizado em Inglaterra, no Mono Recording Stuudio, por Joe Fossard, que já trabalhou com, entre outros, Camané, Maria João e Mário Laginha. "Numinous" conta ainda com a voz de Mamadou Bhur Guewell Sane em dois temas.

 

Vasco Martins, 60 anos, é filho de pai cabo-verdiano e mãe portuguesa e vive há largos anos em São Vicente. Ao longo da sua carreira, gravou e deu concertos em vários países e colaborou com diversos artistas nacionais e internacionais.

 

Chissana Magalhães, in "Expresso das Ilhas"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Reyan

    Só música de qualidade! Instrumentos de corda real...

  • Anónimo

    Oi sou cabo-verdiano, estou aqui de passagem, esto...

  • Regiane

    Exelentes musicas . Me faz recordar o tempo do meu...

Powered by