Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O filme "Zé da Guiné – Crónica dum africano em Lisboa", sobre a vida de uma "figura emblemática" da capital, vai ser exibido pela primeira vez, amanhã, sexta-feira, dia 15, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

 

 

 

O documentário de José Manuel Lopes, que pretende homenagear o homem que "deu a noite à cidade", começou a ser feito em 2001, mas passou todo este tempo "em 'stand by'", esperando financiamento aqui e ali, conta o realizador.

 

"Antes do Zé da Guiné as noites eram escuras, frias e metiam medo", recorda a sinopse do filme (www.zedaguinethemovie.com).

 

Estávamos em finais dos anos 70. Nascido na Guiné-Bissau, Zé passa pela guerrilha do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e, na altura do 25 de Abril, desembarca em Lisboa "atrás de um sonho".

 

"Acaba por liderar a mudança de costumes, da noite, de Lisboa", resume o realizador. Zé introduz-se no meio estudantil através de uns primos e participa nos primeiros movimentos de okupas.

 

Zé da Guiné acaba por se transformar "num perfeito lisboeta" – "é mais lisboeta do que eu, ele conhece tudo, as ruas, as pessoas, os locais", diz José Manuel Lopes, acrescentando que ainda hoje, mesmo afetado pela esclerose lateral amiotrófica, doença neurodegenerativa progressiva e fatal, continua a dar indicações sobre onde ir (Fonte).

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Adi

    I think and I am really aware of the what it take ...

  • curso de teclado

    Muito boa a musica, parabéns !

  • Anónimo

    Porque é que omitiu o editor do "Diário" de Antóni...

subscrever feeds

Powered by