Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A decisão é sua!

 

Basta ir aqui ao AVENTAR, procurar pela categoria "Melhor Blog Estrangeiro de Língua Portuguesa" (é a última categoria) e votar no Blogue Na Esquina do Tempo.

 

Entretanto, fique com o post "Nôs Raça", uma mistura de foto, poesia e música da terra, do trovador mindelense Manel de Novas, interpretado por Mayra Andrade, com um abraço “di longe”.

 

Obrigado pelo voto!

 

Nôs Raça
 

 

Papa bêm flam qui raça qui nôs é o pai
Nôs raça ê prêto ma branco burnido na tempo
Burnido na temporal d'escravatura ô fidjo
Un geração di tuga cu africano

Es bêm di Europa fareja riqueza
Es vendê fidjo di Africa na escravatura
Carregod na fund d'porão di sês galera
D'box d'chicote ma juga colonial

Alguns que fca prâ li gatchod na rotcha ô fidjo
Trança ma tuga ês cria ess povo caboverdiano
Ess povo que sofrê quinhentos anos de tortura
Ess povo qu'ês revultia tabanca intere

Pa tma sês liberdade que ta compatês na mundo
Pa caba cu exploraçon duns gente racista e mau
Que pa tma sês terra que pas governa
Pa cria progresso dess povo africano

Agora ja sês reinod tchga na fim nha fidjo
Nôs Africa intere t'fca livre de sês maldade
Pa mostra mundo intere sês dignidade di povo
Cu sês direito humano universal

Pa nôs bem participa na construção dum mundo
Um mundo novo di paz pâ tudo gente vive
Historia que ja passa nôs pôl num cont a parte
Nôs tra vingança e odia d'nos coraçon

 

- Manel de Novas, São Vicente

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • João Mendes

    Rebusquei depois nas minhas memórias e verifiquei ...

  • João Mendes

    Deixem-me aqui recordar Celso Leão pessoa intelige...

  • João Mendes

    Conheçi o café Lisboa em 1961.. Lá cantei fado mui...

subscrever feeds

Powered by