Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de São Valentim, Dia dos Namorados

Brito-Semedo, 13 Fev 13

 

Todas as cartas de amor são  

Ridículas.  

Não seriam cartas de amor se não fossem  

Ridículas.

 

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,  

Como as outras,  

Ridículas.

 

As cartas de amor, se há amor,  

Têm de ser  

Ridículas.

 

Mas, afinal,  

Só as criaturas que nunca escreveram  

Cartas de amor  

É que são  Ridículas.

 

Quem me dera no tempo em que escrevia  

Sem dar por isso  

Cartas de amor  

Ridículas.

 

 

A verdade é que hoje 

As minhas memórias 

Dessas cartas de amor

É que são  Ridículas.

 

(Todas as palavras esdrúxulas, 

Como os sentimentos esdrúxulos,

São naturalmente 

Ridículas.)

 

- Álvaro de Campos, 21-10-1935

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by