Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Capitães-de-Mar-e-Terra

Brito-Semedo, 12 Abr 18

 

Capa.jpg

Homenagem ao Capitão Alberto Pancrácio Lopes pelo seu 93.º aniversário

 

A temática do mar é, em Teixeira de Sousa (Fogo, 1919 – 2006) e em muitos escritores cabo-verdianos, um fascínio e uma obsessão – Ai o mar/ que nos dilata sonhos e nos sufoca desejos! – ou não seriam eles ilhéus com o mar à volta. Foi assim em Contra Mar e Vento (1972), foi assim em O ilhéu de contenda (1978), foi também assim em Capitão de Mar e Terra (1984) e foi assim em Oh Mar das Túrbidas Vagas (2005).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Matilde, 75 anos do seu naufrágio

Brito-Semedo, 16 Mar 18

 

Miradouro Cruz Grande - Brava.jpg

 Miradouro Cruz Grande, Ilha Brava

 

  

Em memória de Nhô Henrique de Lola, Capitão do veleiro Matilde

 

 

No dia 27 de Agosto de 1943 o navio Matilde, capitaneado por Nhô Henrique de Lola, de Lém, saiu do Porto da Fajã d'Água, na ilha Brava, para a América aonde nunca chegou.

 

Matilde, construído em São Vicente, pertenceu à Casa Carvalho, que lhe deu o nome, passou para Manito Bento, abastado comerciante da Praia, e posteriormente foi adquirido por Daniel e Abel do Sr. Ramos, grande comerciante de Cova Rodela, Brava. Quando desta última transação o barco achava-se com a proa avariada devido a um embate.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by