Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

vieira_lopes1.jpg

Felisberto Vieira Lopes (Santa Catarina, Santiago, 17.Setembro.1937 – 3.Abril.2020), Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa | Kaoberdiano Dambará, poeta revolucionário.

 

Noti, oh Mai,

kubrim ku bo assa

kontam bo segredo

stila na nha bida

sufrimento di nha guentis,

dam aima, forsa, koraxi negro!

 

– Kaoberdiano Dambará, 1964

 

 

Vieira Lopes/Kaoberdiano Dambará é uma personalidade marcante, única e incontornável da literatura e da advocacia cabo-verdiana. Escolheu-se aqui homenageá-lo apresentando as publicações onde ele assina com o pseudónimo poético revolucionário, escritas em fases marcantes da sua vida: Noti (1964), fase de euforia e de engajamento na luta pela independência; e A saída da Crise não é pelo Anteprojecto da Constituição (1980), fase de desencanto e de combate ao regime de partido único instaurado no país com a independência.

 

Noti

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Layout Porto Memória.jpg

 

Simão Salvador.jpeg

Simão Manuel Alves Juliano, natural da Penha de França, Concelho da Ribeira Grande, ilha de Santo Antão, filho de Manuel Alves Juliano e de Ana dos Santos Pedrinho, conhecido como Simão Salvador o intrépido marinheiro, é, a partir de agora, história em quadradinhos por Gildaris Pandim (roteiro) e Alex Sander (arte), uma edição da Embaixada do Brasil em Cabo Verde.

 

As Revistinhas do meu Tempo

 

As revistinhas ou livros de quadradinhos, que líamos sofregamente em São Vicente nos idos anos de 1960, adquiridos na Papelaria de Toi Pombinha,  localizada nas traseiras da Câmara Municipal, lateral do Mercado Municipal, e que circulavam entre nós em regime de trocas, eram Colecções de Aventura, do faroeste americano, com índios e cowbois, da Segunda Guerra Mundial, com Major Alvega e o agente secreto inglês N-3, de super-heróis e heróis como Super Homem, Tarzan, Mandrake, Zorro... de Humor, com o rato Mickey... Portanto, nada que fosse próximo da nossa realidade ou pouco mais ou menos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by